Alexandre Correa afirma que Ana Hickmann fazia greve de sexo: “Era humilhante”


Não sei se é oportunismo  ou vontade de ganhar biscoito, porém, a polêmica envolvendo a apresentadora Ana Hickmann e seu ex-marido, o empresário Alexandre Correa, continua ganhando mais vertentes.

Desta vez, em entrevista  à rádio Itatiaia, nesta última terça-feira (19), Alexandre afirmou que possui provas de que a ex-mulher lhe colocou um belo par de chifres na cabeça e confessou que a apresentadora lhe submetia a enfrentar um “greve de sexo”. 

“O último quadrimestre de 2021, 2022 e 2023… caótico. A Ana Hickmann não poupava de me humilhar na frente de quem quer que fosse, de me desqualificar. Era muito triste e humilhante. Agora a gente sabe o porquê: o fator Eduardo Guedes”, iniciou o empresário, que continuou: “A Ana Hickmann me convocou a sair do quarto, ela pediu que eu saísse e fosse dormir em outra suíte. Também é datada dessa época o início de uma greve de sexo e, até então, óbvio, nunca mais houve contato físico entre nós”.

Por fim, ele admite que não teve coragem de pedir o divorcio para a apresentadora, até o momento em que ele foi acusado de cometer violência doméstica contra ela. 

“Eu fui um otário, permissivo. Essa culpa eu não tiro não”, finalizou Alexandre.



Source link

Leave a Comment