Bolsonaro diz que campanha do TSE para jovens favoreceu PT


Objetivo da iniciativa “Bora Votar!” foi de estimular brasileiros de 16 e 17 anos a tirar título; para ex-presidente, 80% do público-alvo votou na esquerda

O ex-presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (28.jan.2024) que a esquerda e o PT foram favorecidos nas eleições de 2022 por campanha do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) voltada ao eleitorado jovem. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi eleito no pleito.

“O nosso querido TSE fez uma campanha por ocasião das eleições de 2022 para que os menores de 17, 16 anos tirassem o título de eleitor. Foram em torno de 4,5 milhões de jovens que tiraram o título. E 80% dos jovens votam na esquerda, votam no PT. Foi uma campanha do TSE, que com toda certeza a intenção não foi essa, mas ajudou em muito as eleições de 2022”, disse.

Assista (55s)

O filho do ex-presidente Carlos Bolsonaro completou a declaração do pai dizendo que a agência de comunicação Mynd foi contratada para participar da divulgação junto a veículos.

A empresa foi acusada pelo clã Bolsonaro de participar de uma “grande rede que propaga fake news”. O ex-presidente disse que era acusado de “ter um gabinete do ódio”, mas, segundo ele, “o verdadeiro gabinete do ódio” seria outro.

 “Nos acusam de espalhar fake news, mas não mostram quais são as fake news. Nos acusam de ter um gabinete do ódio, mas não mostram matérias que porventura teriam saído do tal gabinete do ódio. Vimos que o verdadeiro gabinete do ódio está no nosso colo. Infelizmente, após uma menina praticar suicídio, veio à tona uma grande rede. Mynd, Choquei, que propagavam fake news”, disse.

O comentário de Bolsonaro faz referência à morte de Jéssica Vitória Canedo, 22 anos, em dezembro de 2023. A página de fofoca compartilhou em suas redes uma suposta conversa amorosa entre a jovem e o artista Whindersson Nunes. A jovem relatou ter sofrido ameaças e xingamentos nas redes sociais.

O Pode360 procurou a Mynd para confirmar a contratação da agência pelo TSE nas eleições e perguntar sobre as acusações de Bolsonaro. Entretanto, não obteve posicionamento oficial até a publicação desta reportagem. A Corte Eleitoral e a Choquei também foi procurada, mas não respondeu a este jornal digital. O espaço segue aberto para ambos.

CAMPANHA DO TSE PARA JOVENS

A campanha nacional “Bora Votar!”, lançada em setembro de 2021 para incentivar a participação do público jovem nas eleições, foi massivamente veiculada em emissoras de televisão e rádio de todo o país. Em 2022, a Corte Eleitoral promoveu um “tuitaço” na rede social X (ex-Twitter), que, segundo dados do tribunal, alcançou mais de 88 milhões de pessoas.

O TSE associou a campanha, que também promovia a escolha consciente na hora do voto, a um aumento de 51,13% do eleitorado jovem no pleito.

“SUPER LIVE” DOS BOLSONARO

Bolsonaro participou da “Super Live: Organização de Base e Ocupação de Espaços”, transmitida no canal do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP). Também participaram da transmissão ao vivo o senador Flavio Bolsonaro (PL-RJ) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-SP).

Bolsonaro afirmou que estava com saudade desse “contato” com os apoiadores.

A mesa estava composta da seguinte forma, da esquerda para a direita: Flávio Bolsonaro, Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro e Carlos Bolsonaro. O ex-presidente estava com uma camisa azul com o escudo da seleção de futebol de Israel. Em cima da mesa preta, uma bandeira do Brasil estava estendida para compor o cenário. Eduardo tinha um tablet para acompanhar a audiência e comentários dos webespectadores.

Assista (2h34min):


Leia mais: 





Source link

Leave a Comment