Brasil lidera ranking mundial de gastos com tribunais de Justiça


Dados do Tesouro Nacional mostram que o país teve despesas de 1,61% do PIB (Produto Interno Bruto)

O Brasil gastou 1,61% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2021 com tribunais de Justiça. Esse percentual é o mais elevado entre 53 países, divulgou o Tesouro Nacional. Eis a íntegra do relatório (PDF – 1 MB).

O país está bem acima da média internacional, de 0,37% do PIB. O top 3 de mais gastos com o funcionalismo e estrutura do Poder Judiciário é composto pela Costa Rica (1,54%) e El Salvador (1,27%).

Dentro das despesas está aquelas relacionadas às remunerações dos funcionários públicos, como auxílio creche, auxílio moradia e os salários. Das 53 nações, o Tesouro publicou dados de 37 países selecionados. Leia abaixo:

Enquanto o Brasil gasta 1,61% do PIB com tribunais de Justiça, os 37 países têm média de 0,4%. As economias avançadas, de 0,3%. E as economias emergentes, de 0,5%.

O Brasil gastou 3,03% do PIB em 2021 com “ordem pública e segurança“, o que inclui os tribunais de Justiça. O Brasil gastou mais que a média da América Latina (2,67%), economias emergentes (2,3%), G20 (2,01%) e economias avançadas (1,64%).

Apesar de ter a maior proporção, os gastos com serviços de polícia são de 1,1% do PIB, abaixo da média dos países emergentes (1,2%). O Brasil também é líder nas despesas em estabelecimentos prisionais, com 0,2% do PIB.





Source link

Leave a Comment