Chuvas em SP causam duas mortes no interior e deixam capital alagada


Aeroporto de Guarulhos informou que 6 voos tiveram de ser desviados por conta dos temporais; Defesa Civil atendeu 35 ocorrências

Municípios de São Paulo voltaram a registrar intensas chuvas na 6ª feira (19.jan.2024). Em Limeira, no interior do Estado, duas mulheres morreram em um acidente causado pelas chuvas, segundo informações do Corpo de Bombeiros. As duas tentavam evitar que o carro fosse levado pela enxurrada. Elas ficaram presas e se afogaram por conta do volume de água.

A GRU Airport, operadora do aeroporto de Guarulhos (SP), informou que 6 voos tiveram de ser desviados por conta dos temporais, mas que as operações foram normalizadas às 20h, segundo o g1.

Mais cedo, a Defesa Civil do Estado de São Paulo emitiu alerta de chuvas intensas em todo o território paulista de 6ª feira (19.jan) até o domingo (21.jan). Segundo o comunicado, a Baixada Santista, o Litoral Norte, o Vale do Paraíba e a Grande São Paulo são as regiões que devem registrar os maiores volumes.

Na capital paulista, fortes chuvas do final da tarde deixaram a cidade com diversos pontos de alagamento. O estado de atenção emitido pelo CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) durou até às 21h. Segundo informou o órgão, as seguintes áreas estavam alagadas:

  • Zonas Leste, Norte, Oeste, Sul e Sudeste;
  • Centro;
  • Marginal Tietê e Marginal Pinheiros;

A Defesa Civil informou que atendeu 35 ocorrências de quedas de árvores, 1 desabamento e 4 deslizamentos.

A Enel disse que preparou um plano emergencial para as fortes chuvas dos próximos dias. Também informou que reforçou a sua equipe para aumentar a capacidade de atendimento. Mais cedo, a concessionária de energia elétrica realizou manobras na rede de Cajamar, conforme publicação no X (ex-Twitter).

Assista:





Source link

Leave a Comment