Com reservas, Botafogo vence Bangu e chega ao segundo triunfo no Carioca


O Botafogo não deu tempo nem do Bangu respirar e abriu o placar logo com 2 minutos de jogo com Júnior Santos

BRUNO BRAZ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS)

Atuando com reservas, o Botafogo novamente não empolgou, mas venceu o Bangu por 2 a 0 e chegou ao segundo triunfo no Campeonato Carioca. Os gols foram marcados por Júnior Santos, que atuou como ala direito, e Jeffinho, aos 49 minutos do segundo tempo.

Diferentemente da primeira rodada, quando venceu o Madureira por 1 a 0 com sua força máxima, o técnico Tiago Nunes preferiu poupar os titulares e rodar o elenco. Entraram no segundo tempo Marlon Freitas, Eduardo, Jeffinho, Lucas Halter e Matheus Nascimento.

Na próxima rodada o Botafogo visita o Boavista, em Saquarema (RJ), e o Bangu recebe o Nova Iguaçu. Ambos os jogos acontecerão na quarta-feira (24).

O JOGO

O Botafogo não deu tempo nem do Bangu respirar e abriu o placar logo com 2 minutos de jogo com Júnior Santos. O Alvinegro, mesmo com reservas, continuou tendo amplo domínio diante de um frágil Bangu, que já havia perdido na primeira rodada para a Portuguesa. Caso tivesse colocado mais capricho nas finalizações, o time de Tiago Nunes poderia ter saído do primeiro tempo com um placar mais elástico.

Na etapa final, o Botafogo baixou um pouco ritmo, mas seguiu tendo o controle da partida dada a pouca qualidade do Alvirrubro. O Alvinegro melhorou com as entradas de Jeffinho, Marlon Freitas e Eduardo e fez o 2 a 0 no fim, com Jeffinho. A equipe criou oportunidades para vencer por mais, no entanto esbarrou numa bela tarde do goleiro Gabriel Leite.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

GOLS E LANCES

Botafogo abre o placar logo no início. O Botafogo chegou ao 1 a 0 logo com 2 minutos do primeiro tempo, quando Segovinha deu bela enfiada na linha de fundo para Marçal, que cruzou para trás, Janderson chutou mascado e a bola sobrou para Júnior Santos chutar com categoria para o fundo do gol.

quase amplia. O Alvinegro fez uma jogada praticamente igual aos 23, quando novamente Segovinha enfiou para Marçal que, uma vez mais, cruzou para trás. A zaga do Bangu cortou parcialmente e a bola sobrou para Segovinha de novo, e o paraguaio chutou com categoria, com efeito, e ela tirou tinta da trave.

Goleiro atento. Aos 36, Diego Hernández lançou para Janderson, que arrancou e toca para trás. Kauê chutou firme, mas Gabriel Leite fez boa defesa.
Segovinha para no goleiro de novo. Júnior Santos fez um linda jogada aos 13 minutos do segundo tempo, arrancando desde a defesa. Ele tocou para Segovinha, que saiu na cara do goleiro, mas concluiu mal, facilitando a defesa de Gabriel Leite.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Grande jogada de Jeffinho. Jeffinho entrou liso e quase fez o dele aos 34, quando arriscou de fora da área e Gabriel Leite fez grande defesa.
Jeffinho fecha o caixão. Aos 49 minutos do segundo tempo, Jeffinho recebeu lançamento, ganhou na velocidade e chutou forte para ampliar e fechar o caixão do Bangu.

BOTAFOGO 2 X 0 BANGU

BOTAFOGO
Igor Gabriel; Jefferson (Lucas Halter), Newton e Bastos; Júnior Santos, Kauê, Jacob Montes (Marlon Freitas), Segovinha (Eduardo), Diego Hernández (Jeffinho) e Marçal; Janderson (Matheus Nascimento). T.: Tiago Nunes.

BANGU
Gabriel Leite; Ricardo Cerqueira (Walney), Felipe Soares, Victor Oliveira (André Santos) e Erick Daltro (Ruan Américo); Adsson, Renatinho, Edgar Neto (Gabriel Canela) e Cleyton; Gabriel Saulo (Lorran) e João Maranhão. T.: Alexandre Gomes.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Juiz: Yuri Elino Ferreira da Cruz
Auxiliares: Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha e Wallace Muller Barros Santos
Cartões amarelos: Felipe Soares (BAN)
Gols: Júnior Santos, aos 2 min do primeiro tempo (BOT); Jeffinho, aos 49min do segundo tempo (BOT)



Source link

Leave a Comment