Como é a larva do mosquito da dengue


Popularmente conhecido como mosquito da dengue, o Aedes aegypti passa por quatro etapas ao longo da vida: ovo, larva, pupa e mosquito. A fase adulta do mosquito com listras brancas é bastante conhecida, mas poucas pessoas sabem como é a larva ou os ovos desta espécie.

No entanto, detectar o mosquito da dengue antes da fase adulta e destruir os criadouros são atitudes fundamentais para impedir que populações do inseto cresçam e, muito possivelmente, transmitam a dengue. Outras doenças, como zika, chikungunya e febre amarela, também podem ser transmitidas, dependendo das circunstâncias.

Como são os ovos do mosquito da dengue?

Continua após a publicidade

“A identificação dos ovos pode ser mais difícil a olho nu”, explica Lizandra Guidi Magalhães Caldas, biomédica e professora da Universidade de Franca (Unifran), para o Canaltech. A pesquisadora também é membro afiliado do Center for Discovery and Innovation in Parasitic Diseases, da Universidade da Califórnia em San Diego (UC San Diego).

Quando são postos pela fêmea em um potencial criadouro, os ovos de forma alongada são brancos, mas logo escurecem e ficam pretos. Em média, medem 0,4 milímetros.

Conforme aponta Caldas, os ovos são “depositados em grupos e envoltos por uma substância que os mantém unidos, formando pequenos aglomerados na superfície da água”. Cada aglomerado pode conter centenas de ovos e, para o observador comum, parecem “pequenas manchas escuras” que flutuam na água.

Continua após a publicidade

Em alguns casos, os ovos podem ser depositados em locais secos, enquanto esperam o contato da água para iniciarem o ciclo de desenvolvimento. Nestes casos, têm o mesmo formato e podem resistir por mais de um ano. 

Como são as larvas do mosquito da dengue?

Para saber como é a larva do mosquito da dengue, é preciso olhar para os potenciais criadouros com atenção. Medindo alguns milímetros, elas possuem corpo alongado e segmentado.

Continua após a publicidade

“Geralmente, são de cor branca ou translúcida, com uma mancha escura”, destaca a pesquisadora. Além disso, “movem-se ativamente na água, frequentemente próximas à superfície, o que as torna mais facilmente identificáveis”, acrescenta.

Vale mencionar que, antes de se tornarem adultas, as larvas se transformam em pupas. Neste estágio intermediário, o inseto vive por alguns dias numa espécie de “casulo”, capaz de flutuar na água. Quando saí dessa forma, ele já consegue voar. 

Onde ficam os ovos e as larvas?

Continua após a publicidade

Para se desenvolver, os ovos e as larvas precisam de um local com água parada relativamente limpa, como caixas d’água. No entanto, pequenos reservatórios podem ser suficientes, como vasos de plantas, calhas entupidas ou qualquer lixo plástico a céu aberto. Inclusive, uma tampinha de garrafa pet pode virar um potencial criadouro, como mostram imagens usadas no texto.

“Ao inspecionar áreas propensas à proliferação de mosquitos, como recipientes de água parada, é crucial estar atento à presença de aglomerados de ovos na superfície da água e às larvas em movimento”, reforça a professora Caldas.

E a água suja?

Existe o conceito de que apenas reservatórios com águas limpas, sem matéria orgânica, permitem o desenvolvimento das larvas do mosquito da dengue, mas isso não é algo 100% preciso. 

Continua após a publicidade

Segundo César Favacho, biólogo e membro do Grupo de Estudo de Artrópodes da Amazônia (Geaa),  não é necessário que a água esteja translúcida e aparentemente limpa para que a fêmea do mosquito da dengue ponhas seus ovos. Quem “decide” se a água está pronta ou não para servir criadouro é o próprio Aedes aegypti, que pode usar até mesmo pequenas poças turvas acumuladas em pneus deixados ao relento.



Source link

Leave a Comment