Conselho de Segurança da ONU se reúne após ataque a cidade russa


Moscou pediu reunião por bombardeio que deixou 18 mortos e mais de 100 feridos em Belgorod, ao norte da fronteira com a Ucrânia

O Conselho de Segurança da ONU se reuniu emergencialmente neste sábado (30.dez.2023), a pedido da Rússia, depois que um ataque matou pelo menos 18 civis e deixou mais de 100 feridos em Belgorod, cidade localizada cerca de 40 km ao norte da fronteira com a Ucrânia.

“Condenamos inequivocamente todos os ataques a cidades, vilas e aldeias”, disse o secretário-geral adjunto do Departamento de Assuntos Políticos e de Consolidação da Paz das Nações Unidas, Khaled Khiari.

O embaixador russo na ONU, Vassily Nebenzia, chamou o bombardeio de “ato deliberado de terrorismo” e disse que “os países da União Europeia são cúmplices dos crimes cometidos pela gangue de Kiev”.

Os membros do conselho condenaram os ataques a civis, mas embaixadores europeus e o representante dos EUA, John Kelly, reafirmaram que a responsabilidade pelo conflito é de Moscou e que não se deve permitir que seja criada uma falsa equivalência entre os 2 lados da guerra.

Na última 6ª feira (29.dez.2023), o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, havia dito que o país responderia “aos ataques terroristas” da Rússia. Segundo o Ministério da Defesa da Ucrânia, um ataque russo deixou ao menos 18 mortos e 75 feridos na capital Kiev e em outras cidades.





Source link

Leave a Comment