Cruzeiro busca empate após 2 a 0 do Atlético-MG e terá vantagem na final


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

O Atlético abriu dois gols de vantagem no primeiro tempo, mas viu o Cruzeiro reagir e empatar por 2 a 2, na noite deste sábado (30) na Arena MRV, no jogo de ida final do Mineiro.

Bruno Fuchs e Hulk fizeram golaços para o Galo. O time da casa abriu dois gols no placar com 25 minutos de jogo.

A Raposa descontou com um gol contra bizarro de Jemerson e deixou tudo igual com Dinenno. Os tentos saíram no início e no final da segunda etapa.

O Cruzeiro se sagra campeão com novo empate na partida de volta. A Raposa leva vantagem por ter tido a melhor campanha da fase de grupos.

A grande decisão será no próximo domingo (7), no Mineirão, às 15h30 (de Brasília).

O clássico também marcou a estreia do técnico Gabriel Milito. O treinador argentino, anunciado há uma semana, mexeu na equipe e conseguiu envolver o rival na etapa inicial, mas a partida terminou com sabor amargo.

Como foi o jogo

O Atlético começou surpreendendo e colocou o Cruzeiro na roda. O técnico Larcamón alterou o esquema tático, colocando três zagueiros, mas a mudança não deu liga em campo e levou nó tático.

Galo abriu o placar com um zagueiro fazendo um golaço, e ampliou com Hulk driblando o goleiro. O gol marcado por Bruno Fuchs, inclusive, foi o primeiro da carreira do defensor de 24 anos.

O 2 a 0 ficou barato no primeiro tempo. O Atlético envolveu o rival, teve volume e podia ter feito mais. Ederson pouco trabalhou, e o time visitante só foi melhorar nos acréscimos.

O Cruzeiro, no entanto, diminuiu no início do segundo tempo e buscou a reação. Larcamon mexeu e a equipe melhorou, ensaiando o empate até o segundo gol sair, nos acréscimos.

Agora, a Raposa leva a vantagem de novo empate no Mineirão. Apesar do placar igual, os cruzeirenses terminaram a partida comemorando, enquanto o clima pesou do outro lado.

Destaques e gols
1×0: Aos 8 minutos do primeiro tempo, Fuchs recebeu na ponta esquerda, perto do escanteio. O zagueiro invadiu a área passando por dois, bateu rasteiro e a bola passou por baixo de Rafael Cabral. Golaço
2×0: Aos 25′, Arana tabelou com Zaracho e achou um lançamento na medida para Hulk. O atacante saiu sozinho nas costas da marcação, dribou Rafael Cabral como quis e só empurrou para o fundo da rede para ampliar.

Quase o terceiro: Aos 35′, Hulk ganhou no alto, deu uma casquinha de cabeça e Paulinho invadiu a área. Ele cortou duas vezes o marcador, mas bateu para fora.

2×1: Aos 3 minutos do segundo tempo, Machado roubou a bola no campo de ataque e tocou para Dinenno. O atacante tentou o passe para a área e Jemerson afastou, mas a bola desviou em Lemos e foi contra o próprio gol.

salva. Aos 33′, Matheus Pereira foi lançado em velocidade e invadiu a área, mas Jemerson conseguiu se recuperar e salvou com um carrinho providencial.

2×2: Aos 50′, Dinenno aproveitou um cruzamento na medida de João Marcelo e empatou de cabeça, no apagar das luzes.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 x 2 CRUZEIRO

Campeonato: Ida da final do Campeonato Mineiro
Local: Arena MR, em Belo Horizonte
Data e hora: 30 de março de 2024, às 16h30
Gols: Bruno Fuchs, aos 8’/1ºT, Hulk, aos 25’/1ºT, e Jemerson (contra), aos 3’/2ºT

Atlético: Everson: Saravia, Mauricio Lemos, Bruno Fuchs, Jemerson e Arana; Battaglia, Zaracho e Igor Gomes; Paulinho e Hulk. Técnico: Gabriel Milito

Cruzeiro: Rafael Cabral; William, Neris, João Marcelo, Villalba e Marlon; Lucas Romero e Machado; Matheus Pereira, Dinenno e Arthur Gomes. Técnico: Nicolás Larcamon



Source link

Leave a Comment