Deputada Célia Xakriabá oficia Saúde por informações sobre dengue entre população indígena


A deputada Célia Xakriabá (Psol-MG) encaminhou nesta quarta-feira (3) um pedido de informações sobre a situação da epidemia de dengue entre a população indígena ao Ministério da Saúde. De acordo com dados do Datasus, foram registrados 6647 casos prováveis, sendo que 28% deste número apenas no estado de Minas Gerais.

A parlamentar expressou preocupação diante das recentes mortes relacionadas à dengue em Terras Indígenas (TIs) e destacou a importância da imunização contra a doença para garantir a saúde e o bem-estar dos povos indígenas.

Segundo dados do Informe semanal do Centro de Operações Emergenciais nº 08/2024, durante as treze primeiras semanas do ano foram identificados 2.624.300 casos prováveis de dengue no país, representando um aumento de mais de 163% em relação ao ano anterior. Em Minas Gerais, especificamente, houve um alarmante aumento de 537% nos casos possíveis de dengue, saindo de 770,8 em 2023 para 4144 em 2024.

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias do SUS (Conitec) aprovou a incorporação da vacina contra a dengue em dezembro de 2023, visa. No entanto, a deputada destaca a necessidade de considerar as especificidades imunológicas e epidemiológicas que tornam os povos indígenas particularmente suscetíveis às epidemias.

“Assim como eu disse durante a pandemia da covid, a ausência do Estado tem acelerado muito mais a mortalidade nos territórios indígenas. Assim como os indígenas aldeados foram do grupo prioritário durante a pandemia, é preciso ter esse mesmo olhar durante a epidemia de dengue, a maior já enfrentada pelo Brasil”, argumenta a parlamentar.

Diante desse cenário, a deputada Célia Xakriabá solicitou à ministra Nísia Trindade informações detalhadas sobre os casos prováveis de dengue entre a população indígena, bem como as ações realizadas e planejadas para enfrentar a epidemia. Além disso, destacou a importância do diálogo entre os poderes para fortalecer o Subsistema de Atenção à Saúde Indígena e garantir a saúde dessas comunidades.



Source link

Leave a Comment