Destaques da NASA: nebulosas, fases de Vênus e+ nas fotos astronômicas da semana


As fotos publicadas pela NASA no site Astronomy Picture of the Day durante a semana destacam nebulosas coloridas, o planeta Mercúrio visível a olho nu, as fases de Vênus e uma chuva de meteoros. Ah, você verá também um vídeo com “neve” caindo sobre a superfície de um cometa.

Saiba mais sobre os objetos e eventos retratados nas imagens e veja a galeria de fotos ao final da lista:

1. Neve no cometa Churyumov-Gerasimenko

Em junho de 2016, a sonda Rosetta orbitava o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko e capturou imagens de faixas de poeira e partículas de gelo caindo em algo que lembra um “penhasco”. O vídeo é composto por 33 imagens do fenômeno semelhante à neve, enquanto a sonda estava a aproximadamente 13 quilômetros do núcleo cometário.

Continua após a publicidade

2. Nebulosa Olho de Gato

A nebulosa planetária NGC 6543, conhecida como “Olho de Gato”, é o retrato do futuro de nosso Sol, quando ele encerrar sua fase de gigante vermelha e morrer, expelindo suas camadas externas. Claro, o formato será um tanto diferente. No caso da Olho de Gato, há estruturas internas bem simétricas, o que é um tanto raro e não muito bem compreendida pelos cientistas. Essa imagem é a combinação de dados dos telescópios Hubble e Chandra.

3. Fases de Vênus

Continua após a publicidade

Assim como a Lua, Vênus apresenta diferentes fases quando observado por pequenos telescópios (com aumento o suficiente para distinguí-as). O motivo é a posição do planeta em relação ao Sol em nosso ponto de vista. Nessa imagem, vemos várias fases mudando gradualmente, registradas pela fotógrafa Stéphane Gonzales, ao longo de seis meses. Suas fotos, feitas em 2025 na França, também mostram as mudanças no tamanho aparente de Vênus no céu.

4. Nebulosa Capacete de Thor

A cerca de 15.000 anos-luz da Terra, na constelação do Cão Maior, há uma nebulosa de emissão conhecida como Capacete de Thor. Sua forma de bolha, formada por poderosos ventos estelares provenientes de uma estrela gigante do tipo Wolf-Rayet, é cercada por duas proeminências que lembram asas, uma de cada lado. Aqui, ela é fotografada por Ritesh Biswas em cores esverdeadas bem vivas.

📷 Leia mais: Destaque da NASA: nebulosa Capacete de Thor é a foto astronômica do dia

Continua após a publicidade

5. Nebulosa da Caverna

A Nebulosa da Caverna, fotografada por Gábor Galambos, fica em uma área da Via Láctea rica em nebulosas; por isso há outras na mesma imagem. Em especial, vemos também a nebulosa vdB 155 à esquerda, e outra nuvem no canto superior esquerdo formada pela estrela Herbig-Haro 168.

📷 Leia mais: Destaque da NASA: Nebulosa da Caverna é a foto astronômica do dia

6. Chuva de meteoros Quadrântidas

Continua após a publicidade

A imagem do fotógrafo coreano 염범석 Yeom Beom-seok, capturada em 4 de janeiro, mostra algumas “estrelas cadentes” durante o pico da Chuva de Meteoros Quadrantid. A exposição de 15 segundos conseguiu registrar vários deles, além de revelar as estrelas da constelação Ursa Maior no canto superior direito. Essa chuva sazonal de meteoros é observável no hemisfério Norte e muito difícel de ser vista no Brasil.

📷 Leia mais: Destaque da NASA: Chuva de meteoros Quadrântidas é foto astronômica do dia

7. Mercúrio, Vênus e Lua Minguante

Para exibir o raro momento em que Mercúrio se torna visível a olho nu, o fotógrafo Michael Luy criou uma composição encantadora, incluindo uma torre, um castelo antido e ruínas do século X. Normalmente, Mercúrio está tão próximo do Sol que não é visível, mas em certas épocas afasta-se o suficiente para surgir pouco antes do nascer do Sol. 

Continua após a publicidade

📷 Leia mais: Destaque da NASA: Mercúrio brilha muito na foto astronômica do dia

Clique e veja a galeria de fotos

Fonte: APOD



Source link

Leave a Comment