Gaza entra no 6º dia consecutivo sem Internet e telefonia, diz NetBlocks


Esta “perturbação, que entra agora em seu sexto dia, é a mais longa” desde o início da guerra entre Israel e o Hamas, segundo a mesma fonte

A Faixa de Gaza entrou, nesta quarta-feira (17), no sexto dia de corte “quase total” de Internet e telefonia, o mais longo período desde o início da guerra, segundo o NetBlocks, um organismo de monitoramento da rede de telecomunicações no mundo.

As medições do NetBlocks mostram que o território palestino vive “um corte quase total das telecomunicações há 120 horas”, afirmou o organismo na rede social X.

Esta “perturbação, que entra agora em seu sexto dia, é a mais longa” desde o início da guerra entre Israel e o Hamas, segundo a mesma fonte.

As comunicações foram interrompidas diversas vezes desde 7 de outubro, quando Israel iniciou intensos ataques ao território palestino controlado pelo movimento islamista Hamas.

Esses cortes privam seus 2,4 milhões de habitantes de contato com o restante do mundo.

A guerra foi desencadeada por um ataque sem precedentes do Hamas, em 7 de outubro, no sul de Israel, que deixou 1.140 mortos, a maioria civis, segundo cálculos da AFP baseados em números oficiais israelenses.

Cerca de 250 pessoas foram feitas reféns e levadas para Gaza. Desse total, em torno de 100 foram libertadas durante uma trégua.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com o último balanço divulgado hoje pelo Ministério da Saúde do Hamas, 24.448 pessoas, a grande maioria delas mulheres, crianças e adolescentes, morreram em operações militares israelenses em Gaza.

 

© Agence France-Presse


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Source link

Leave a Comment