Investir mais do que pode não ajuda a economia, diz Renan Filho


Ministro dos Transportes defende controle de gastos e meta de Haddad de zerar o deficit fiscal em 2024

O ministro dos Transportes, Renan Filho, defendeu que o governo invista “o máximo possível” sem infringir os limites impostos no Orçamento de 2024. Renan Filho também disse ser favorável à meta de zerar o deficit fiscal neste ano, como quer o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Para o Brasil, o melhor é investir o máximo possível dentro do ambiente da sustentação fiscal proposto pelo ministro Haddad. Não acredito que investir mais do que o país pode investir com sustentabilidade fiscal vá resolver o problema da economia”, afirmou o ministro dos Transportes em entrevista publicada pela Folha de S. Paulo nesta 4ª feira (31.jan.2024).

O assunto divide integrantes do próprio governo e do PT. Renan Filho avaliou que a legenda é “injusta” ao acusar Haddad de austericídio. Também afirmou que a responsabilidade em atingir o objetivo não é apenas da Fazenda.

Haddad está certo em trabalhar para cumprir a meta. Em uma república democrática, com três Poderes, que devem trabalhar harmonicamente e independentemente, todos têm esse papel”, disse.

Segundo Renan Filho, o país será beneficiado pela meta fiscal mesmo se o governo não conseguir cumpri-la.

Não defendo a mudança da meta. O Brasil deveria manter e perseguir. Não cumprir a meta, perseguindo a meta, tem uma relevância importante. Se a gente perseguir a meta, e o deficit não puder ser zero, mas se for decrescente em relação a 2023, será uma sinalização importante”, disse.


Leia mais:





Source link

Leave a Comment