Pagani Huayra Roadster: tecnologia e exclusividade


“Um carro tão perfeito que parece ter sido esculpido em um bloco de Mármore de Carrara”. Essa foi a definição de Horacio Pagani para o Pagani Huayra Roadster, superesportivo recheado de tecnologia e exclusividade.

Apresentado ao mundo no Salão de Genebra de 2017, seis anos depois de a marca italiana ter colocado no mercado a versão coupé do Huayra, o roadster é ainda mais impressionante que sua variante “comum”.

As especificações do Pagani Huayra Roadster chamaram tanta atenção que as únicas 100 unidades produzidas foram vendidas antes mesmo de saírem das linhas de montagem. O preço, como vocês podem imaginar, foi bastante salgado, mas sobre isso falaremos mais adiante.

Continua após a publicidade

Como é o Pagani Huayra Roadster?

O Pagani Huayra Roadster é um super conversível oferecido aos clientes em duas versões: uma com o teto rígido, feito de vidro e carbono, e outra com a capota em tecido. Tanto um quanto o outro podem ser colocados e retirados manualmente, segundo o fabricante.

O modelo conversível do Pagani Huayra é ainda mais leve que o coupé tradicional, e pesa somente 1.280 kg, contra 1.360 kg do “irmão”. A façanha de se tornar mais leve deve-se, em grande parte, ao uso de um material que combina fibra de carbono e titânio (Carbo-Triax HP52).

Continua após a publicidade

Segundo a marca, além de reduzir o peso, o material melhora a rigidez torcional em até 52%, algo notável para um carro que já nasceu praticamente perfeito. Acha que acabou? Não! O Huayra Roadster tem muito mais em suas especificações.

A montadora equipou o luxuoso esportivo com suspensão de liga de alumínio HiFrog, que também deixa o conjunto mais leve, pneus Pirelli PZero Corsa feitos sob medida (20 polegadas na frente e 21 atrás) e um conjunto de 4 flaps (dois à frente e dois atrás) para garantir a melhor aerodinâmica possível ao piloto.

As pinças de freio são Brembo, com seis pistões na frente e quatro atrás, e os discos são de carbono-cerâmica, pois, tão importante quanto o poder da aceleração é a capacidade de frenagem para um esportivo desse porte. E ele acelera MUITO.

Continua após a publicidade

Pagani Huayra Roadster: motorização

O Pagani Huayra Roadster tem sob o capô um motor feito sob encomenda pela Mercedes-AMG, divisão responsável pelos carros esportivos da conceituada fabricante alemã: o M158.

O propulsor V12 6.0 biturbo entrega ao piloto um total de 764 cv de potência (a 6.200 rpm) e um torque de 102 kgf/m (a 2.400 rpm). Aliado ao câmbio automático de 7 velocidades da X-Trac, o Pagani Huayra Roadster tem força suficiente para chegar de 0 a 100 km/h em 2,6 segundos, atingir 200 km/h em apenas 8,2 segundos e alcançar velocidades máximas de 353,5 km/h. 

Continua após a publicidade

Quanto custa o Pagani Huayra Roadster?

Como já dissemos no início da matéria, não há mais nenhuma das 100 unidades produzidas do Pagani Huayra Roadster disponível para venda, pois todas se esgotaram antes mesmo de a fábrica ter terminado de apertar os últimos parafusos do exclusivo esportivo.

Os 100 proprietários do carrão que é sinônimo de tecnologia e exclusividade, porém, tiveram que abrir bem os bolsos para conseguir levar um exemplar para a garagem em 2017.

Continua após a publicidade

Cada unidade do Pagani Huayra Roadster custou a “bagatela” de 2.280.00 euros (sem impostos), valor equivalente a R$ 12,3 milhões na cotação de março de 2024. Em 2017, com o euro cotado em um valor menor (R$ 3,93, em média), o superesportivo acabou saindo mais “barato”: cerca de R$ 8,96 milhões.



Source link

Leave a Comment