Paquistão diz estar disposto a colaborar com Irã após ataques


País persa fez ofensiva contra o território paquistanês na 3ª feira (16.jan.2024), que fez ataques aéreos em resposta

O governo do Paquistão disse querertrabalhar com base no espírito de confiança mútua e cooperação” com o Irã. Os ministros das Relações Exteriores dos 2 países, Jalil Abbas Jilani (paquistanês) e Hossein Amir-Abdollahian (iraniano), fizeram telefonema nesta 6ª feira (19.jan.2024) para tratar da tensão entre as nações.

“Os 2 ministros dos Negócios Estrangeiros concordaram que o nível de trabalho, cooperação e coordenação estreita na luta contra o terrorismo e outros aspectos de interesse mútuo devem ser fortalecido. Eles também concordaram em desescalar a situação”, informou nota paquistanesa. Eis a íntegra do comunicado (PDF – 523 kB).

ENTENDA

Na noite de 3ª feira (16.jan), o Irã realizou ataques com mísseis de precisão e drones contra o território paquistanês.

A investida tinha como alvo militantes do grupo sunita Jeysh al-Adl, na província do Baluchistão, sudoeste do Paquistão. A informação foi divulgada pela agência de notícias Tasnim (alinhada ao Estado iraniano).

Depois dos ataques iranianos, o ministro Amir-Abdollahian afirmou que respeita a soberania do Paquistão, mas que seu país não permitirá que ninguém brinque com a sua segurança.

Em resposta, o governo paquistanês realizou lançamentos de ataques aéreos contra esconderijos de militantes separatistas no sudeste do Irã na manhã de 5ª feira (18.jan).

Segundo nota oficial, vários “terroristas” foram mortos depois dos ataques. Eis a íntegra do comunicado (PDF – 527 kB).





Source link

Leave a Comment