Policial militar atira contra um colega dentro da viatura no DF


Que horrooor, meu Deus! Um sargento da Polícia Militar do Distrito Federal atirou em um colega de trabalho dentro de uma viatura na manhã deste domingo (14), no Recanto das Emas, no DF. Em seguida, o sargento Paulo Pereira de Souza depois atirou em si mesmo e morreu no local. Segundo o portal G1, Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) afirma que saúde mental de policiais é prioridade para a corporação.

O militar ferido, identificado como Yago Monteiro, foi levado para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT), mas ele não resistiu e morreu no HRT, segundo o delegado-chefe da 27ª Delegacia de Polícia, Fernando Fernandes.

O autor dos disparos, Sargento Paulo Pereira de Souza, trabalhou durante 23 anos na corporação e a PCDF investiga se o policial estava com problemas de saúde mental para ter cometido tal crime.

Um terceiro policial estava dentro da viatura na hora do ocorrido. Diogo Carneiro dos Santos foi atingido por estilhaços do para-brisa quebrado por conta do disparo. Ele foi atendido na UPA do Recanto das Emas e liberado.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Fernando Fernandes, os três policiais trabalhavam juntos e foram atender uma ocorrência de maus-tratos, no Recanto das Emas, que não se confirmou. Depois disso, Paulo Pereira e Diogo Carneiro dos Santos saíram para tomar sorvete em uma sorveteria.

Assim que voltaram para a viatura, o sargento Paulo Pereira, que se sentou no banco de trás, atirou em Yago Monteiro, que estava no banco do motorista. Segundo a polícia, não houve discussão entre os dois policiais. Depois de atirar contra o colega, o sargento disparou em si mesmo e morreu no local.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Source link

Leave a Comment