Um dos funcionários da ONU suspeito de ataque a Israel morreu


Informação foi dada pelo secretário-geral, António Guterres; 12 são acusados de participarem da ofensiva em 7 de outubro

O secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), António Guterres, disse neste domingo (28.jan.2023) que 1 funcionário suspeito de participar do ataque do grupo Hamas a Israel em 7 de outubro, morreu. 

Dos 12 acusados de participarem do ataque, 9 foram demitidos e outros 2 ainda estão sendo identificados.Qualquer funcionário da ONU envolvido em atos de terror será responsabilizado, inclusive através de processo criminal”, declarou Guterres em comunicado.

Os funcionários eram integrantes da UNRWA (Agência das Nações Unidas de Assistência e Obras aos Refugiados da Palestina no Oriente Próximo, em tradução livre).

Guterres incentivou que os países continuem fornecendo ajuda financeira para agência que, segundo ele, dependem da “ajuda crucial” para a “sobrevivência diária”.

Ao menos 9 países suspenderam o financiamento para agência. O secretário-geral pediu que os governos retomem os investimentos.





Source link

Leave a Comment