2º dia de chuvas em SP tem nova morte e ventos de 96 km/h


Homem morreu em Moema (Zona Sul) após queda de fio energizado; prefeitura contabilizou ao menos 186 chamados para árvores derrubadas

A cidade de São Paulo registrou chuvas intensas e ventos fortes pelo 2º dia seguido nesta 3ª feira (9.jan.2024). O Corpo de Bombeiros informou que um homem, cuja identidade não foi divulgada, morreu depois da queda de um fio energizado, às 17h23, na rua Pedro de Toledo, em Moema. O acidente deixou outra vítima, uma mulher, que foi socorrida em estado grave.

Segundo dados do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), as rajadas de ar chegaram a 96 km por hora.

Os bombeiros também contabilizaram ao menos 186 chamados para árvores derrubadas e 1 chamado para desabamento ou desmoronamento na capital e região metropolitana até às 18h15.

No final da tarde desta 3ª (9.jan), o CGE informou que o estado de atenção para alagamentos havia terminado para 8 áreas de São Paulo porque as zonas de instabilidade formadas pelo calor e entrada da brisa marítima “perderam força”.

Na 2ª feira (8.jan), um homem de 58 anos morreu depois de ser atingido por uma árvore que caiu com a força dos ventos em Itupeva, município a cerca de 70 km da capital paulista. Ele foi atingido ao descer do carro para abrir o portão da garagem.

Com o temporal, alguns moradores da capital paulista continuam sem luz. A Enel, responsável pelo fornecimento de energia na cidade, informou que o serviço já foi restabelecido para 96% dos clientes, mas que ainda trabalham para normalizar o fornecimento dos clientes que estão sem luz por conta da forte chuva de 2ª feira.

“A companhia reforçou seu plano de ação emergencial nos municípios atendidos com mobilização antecipada, atuando com mais de 800 equipes em campo para reconstruir os trechos da rede elétrica danificados pela queda de árvores e galhos de grande porte”, afirmou a Enel.


Leia mais: 





Source link

Leave a Comment