Apple resolve ação coletiva milionária movida por usuários da série iPhone 7


Alguns usuários mais antigos do iPhone estão prestes as colocar a mão no dinheiro de um acordo feito pela Apple. Desta vez, a Apple resolveu uma ação coletiva com aqueles que possuíam um iPhone 7 ou iPhone 7 Plus entre 16 de setembro de 2016 e 3 de janeiro de 2023. Os usuários tiveram vários problemas com seus dispositivos e os aparelhos afetados foram vendidos entre o início de 2017 e final de 2018. A Apple resolveu o processo por US$ 35 milhões (cerca de R$ 172 mi).

Apple resolve pagar a usuários da série iPhone 7 por ação coletiva

Os problemas com os quais os demandantes lidaram incluíam botões de alto-falante que ficavam “acinzentados” e desativados durante chamadas telefônicas, a incapacidade do Siri de responder a comandos de voz, a falha do aplicativo Voice Memos em funcionar corretamente, a perda de fidelidade do microfone e outros problemas relacionados ao áudio no iPhone 7 e iPhone 7 Plus.

Alguns dos problemas citados na ação foram causados pelo iOS 11.3, de acordo com um memorando que vazou e que a Apple enviou a centros de reparos autorizados. Além de terem possuído um iPhone 7 ou iPhone 7 Plus entre 16 de setembro de 2016 e 3 de janeiro de 2023, os usuários devem ter uma reclamação documentada com a Apple sobre os problemas dos alto-falantes ou devem ter pago à Apple para reparar ou substituir seu dispositivo.

Cartões postais e e-mails estão sendo enviados pelo Administrador do Acordo para pessoas que ele acredita estarem qualificadas para receber uma parte do fundo do acordo. A ação milionária está sendo resolvida e os usuários serão indenizados

apple-resolve-acao-coletiva-milionaria-movida-por-usuarios-da-serie-iphone-7

Acordo Apple para usuários reclamantes

Se você receber um cartão postal ou um e-mail referente ao acordo, você terá até 3 de junho para informar ao Administrador do Acordo “se você opta por receber o pagamento por cheque eletrônico, transferência ACH ou cheque físico, e fornecer o endereço de e-mail correspondente, informações bancárias ou endereço postal para distribuição do pagamento.

Se você não revelar qual método de pagamento aceitará, não receberá uma reclamação de acordo e perderá qualquer oportunidade de processar a Apple por esse problema. Se você informar o Administrador do Acordo até 3 de junho sobre sua decisão de cancelar o acordo, você não receberá uma parte dos pagamentos do acordo, mas ainda terá a oportunidade de processar a Apple.

Mesmo que você não desista do acordo, você pode enviar uma carta ao tribunal até 3 de junho explicando o que você não gosta no acordo. Ou você pode se opor ao acordo e solicitar uma audiência em 18 de julho, onde as partes solicitarão que a Ordem de Aprovação Final seja inserida aprovando o Acordo.

Deve-se notar que só porque a Apple resolveu o processo por US$ 35 milhões, isso não significa que a “Classe de Acordo” dividirá esse valor.



Source link

Leave a Comment