Festa de 44 anos do PT tem Lula, Janja, samba e crítica a Bolsonaro


Maior ausência foi o ministro da Fazenda, Fernando Haddad; ele saiu do ministério por volta de 21h45 e estava muito cansado

Com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da primeira-dama, Janja Lula da Silva, o Partido dos Trabalhadores promoveu na noite de 4ª feira (20.mar.2024) um jantar em comemoração aos 44 anos do partido, completados em 10 de fevereiro, em Brasília.

Lula e Janja chegaram ao evento, realizado no CICB (Centro Internacional de Convenções de Brasília), às 20h40. Entraram por um acesso lateral e foram recepcionados pela presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann, e pela secretária de Finanças do partido, Gleide Andrade. Os 2 foram embora por volta de 23h50.

Do lado de dentro, a maioria dos cerca de 1.000 convidados —que tiveram que desembolsar no mínimo R$ 350— já havia entrado. A impressão era que mais pessoas  doque o divulgado entrariam, enquanto rolava solta a liberação da entrada por autoridades que já estavam no evento.

Veja fotos tiradas pelo repórter fotográfico do Poder360, Sérgio Lima:

JANJA NA ORGANIZAÇÃO

A primeira-dama esteve pessoalmente envolvida na organização das atrações culturais do evento. Foi ela quem convidou a cantora de samba Teresa Cristina. As duas tomaram café da manhã no Palácio da Alvorada mais cedo na 4ª feira (20.mar).

INGRESSOS E OUTRAS FESTAS DO PT

O valor do ingresso foi até 4 vezes mais caros que a festa junina do partido realizada em 2023. O “Arraiá” do PT de 2023 teve convites de até R$ 5.000. A festa foi no Minas Tênis Clube, em Brasília, e teve venda de ingressos por WhatsApp. Era possível adquirir entradas a R$ 300 ou R$ 1.000.

No ano passado, a comemoração do aniversário de 43 anos de fundação da sigla foi realizada em 10 de fevereiro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Pouco depois dos atos extremistas do 8 de Janeiro, o partido reuniu milhares de militantes para a celebração.

FUNDAÇÃO

Em 10 de fevereiro de 1980, uma reunião no Colégio Sion, em São Paulo, marcou a fundação do Partido dos Trabalhadores. Lula era um dos principais líderes, com figuras como Jacó Bittar e Olívio Dutra.

A legenda reuniu sindicalistas, militantes de esquerda (alguns egressos das guerrilhas contra a ditadura), intelectuais, integrantes de movimentos sociais e setores da Igreja Católica. Era o auge do movimento conhecido como Teologia da Libertação e das comunidades eclesiais de base, que juntavam ideologia de esquerda ao catolicismo.


Esse texto receberá mais informações.





Source link

Leave a Comment