Leia as 5 principais notícias do mercado desta 3ª feira


Ações da multinacional de tecnologia Nvidia subiram 6,4%; lucro operacional da Samsung Electronics caiu cerca de 35%

Os futuros das ações norte-americanas apontam para uma queda nesta 3ª feira (9.jan.2024), sugerindo um possível recuo em relação aos ganhos da sessão anterior, que se originaram, em parte, de uma alta nas ações da fabricante de chips Nvidia. 

Além disso, 2 companhias aéreas descobriram peças soltas em alguns de seus modelos aterrados do jato 737 Max 9 da Boeing, aumentando o escrutínio sobre a fabricante de aviões que vem crescendo desde uma perigosa explosão em pleno voo em uma única versão da aeronave na semana passada. No Brasil, o Banco Central informa que as retiradas da poupança somaram R$ 87,8 bilhões no ano passado.

1. FUTUROS NORTE-AMERICANOS EM BAIXA; NVIDIA ATINGE NOVO RECORDE DE ALTA

Os futuros das ações dos EUA operavam no vermelho na 3ª feira (9.jan), apontando um início negativo para o dia de negociação, depois de um aumento em Wall Street no início da semana.

Às 7h55 (horário de Brasília), o contrato Dow futuros havia caído 0,3%, o S&P 500 futuros havia perdido 0,3%, e o Nasdaq 100 futuros havia caído 0,4%.

Os principais índices norte-americanos saltaram na sessão anterior, com o Nasdaq Composite, com forte peso de tecnologia, subindo para seu melhor dia desde meados de novembro. O que ajudou a impulsionar os ganhos foi a força da designer de chips e queridinha da inteligência artificial, a Nvidia, que subiu 6,4% (veja abaixo).

Mesmo uma queda nas ações da Boeing, após um novo incidente envolvendo o jato 737 Max da fabricante de aviões, não foi suficiente para inviabilizar um aumento de 0,6% no índice de 30 ações Dow Jones Industrial Average. O índice de referência S&P 500 subiu 1,4% no dia.

Os investidores também estão de olho na importante inflação dos EUA, prevista para o final da semana, que pode afetar a forma como os formuladores de políticas do Federal Reserve abordam possíveis cortes nas taxas de juros em 2024.

As ações da Nvidia fecharam em um novo recorde de alta de US$ 522,53 na 2ª feira (8.jan), em um sinal de entusiasmo dos investidores com a revelação de novos processadores gráficos para desktops da gigante fabricante de chips.

A Nvidia anunciou sua nova série GeForce RTX 40 SUPER de processadores gráficos antes de uma conferência de eletrônicos de consumo acompanhada de perto em Las Vegas. Em um comunicado, o grupo com sede nos EUA disse que os chips, juntamente com uma série de outros produtos, irão “turbinar os jogos e a criação”.

A empresa, conhecida principalmente como projetista de chips de computador que alimentam a inteligência artificial, tornou-se um sinônimo do entusiasmo recentemente crescente com a tecnologia nascente. O entusiasmo alimentou uma triplicação das ações no ano passado, o que elevou seu valor de mercado para quase US$ 1,3 trilhão.

As ações da Nvidia foram as mais negociadas em Wall Street na sessão de ontem, com os investidores trocando mais de US$ 32 bilhões em ações, informou a Reuters, citando dados da LSEG.

2. SAMSUNG ESTIMA QUEDA NO LUCRO OPERACIONAL

A Samsung Electronics disse na 3ª feira (9.jan) que seu lucro operacional do 4º trimestre provavelmente caiu cerca de 35%, uma vez que a lenta recuperação da demanda pelos principais chips de memória e de smartphones da empresa atingiu a receita.

O lucro operacional da Samsung nos três meses até 31 de dezembro provavelmente caiu para 2,8 trilhões de wons (US$ 2,1 bilhões), de 3,7 trilhões de wons há um ano. A empresa não relatou um aumento de receita em uma base anual desde o 2º trimestre de 2022. A receita também diminuiu para 67.40 trilhões de won de 70.46 trilhões de won 1 ano atrás, e perdeu as estimativas da Investing.com de 70.1 trilhões de won.

Os números parecem indicar que a Samsung ainda está lutando contra a desaceleração da demanda por chips nos últimos 2 anos. O aumento das taxas de juros e a alta inflação persuadiram muitos consumidores a reduzir drasticamente os gastos discricionários, prejudicando a demanda por itens mais caros, como eletrônicos, e criando um excesso de oferta.

Mas os analistas esperam que uma reviravolta no setor se materialize este ano, graças à crescente demanda por chips de IA de alta tecnologia. “A dinâmica da oferta e da demanda é um vento a favor agora”, disseram os analistas do Morgan Stanley (NYSE:MS) em uma nota aos clientes.

As ações listadas em Seul do conglomerado sul-coreano, que divulgará um relatório completo de lucros em 31 de janeiro, caíram 2,4%.

3. A MAIS RECENTE CRISE DO 737 MAX DA BOEING SE APROFUNDA

Peças soltas em alguns modelos aterrados do jato 737 Max 9 da Boeing teriam sido descobertas pela United Airlines e pela Alaska Airlines, à medida que a crise em torno da fabricante de aviões se aprofunda após a perigosa explosão da fuselagem em pleno ar na semana passada.

De acordo com uma declaração da United citada pela publicação do setor The Air Current, as inspeções preliminares em seus 737 Max 9s descobriram que a aeronave tinha “instâncias que parecem estar relacionadas a problemas de instalação no plugue da porta”

Esses problemas incluíam parafusos em vários painéis que “precisavam de aperto adicional”, observou a companhia aérea. A Alaska Airlines também disse na 2ª feira (8.jan) que os relatórios iniciais de seus técnicos encontraram algumas “ferragens soltas” em alguns de seus 737 Max 9s, informou a Reuters.

As preocupações com o Max 9 -uma versão do avião de corredor único da Boeing que tem cerca de 10 assentos a mais do que o popular Max 8- aumentaram desde que um painel em um voo operado pela Alaska Airlines explodiu durante a rota de Portland, Oregon, para Ontário, Califórnia, na última 6ª feira (5.jan). Os pilotos conseguiram dar a volta no jato e aterrissar com segurança.

4. PETRÓLEO EM ALTA

Os preços do petróleo subiram na 3ª feira (9.jan), recuperando-se de perdas acentuadas na sessão anterior, com os investidores digerindo as preocupações sobre a demanda lenta, bem como as tensões no Oriente Médio.

Às 7h55, os futuros do petróleo dos EUA foram negociados 1,81% mais altos, a US$ 72,05 por barril, enquanto o contrato do Brent subiu 1,75%, para US$ 77,45 por barril.

Ambos os índices de referência do petróleo bruto caíram mais de 3% na 2ª feira (8.jan), já que os cortes acentuados nos preços pelo principal exportador, a Arábia Saudita, aumentaram as preocupações com a desaceleração da demanda de petróleo bruto, especialmente dos principais consumidores asiáticos.

No entanto, o conflito em curso entre Israel e o Hamas, e os temores de que isso possa evoluir para uma crise regional que possa interromper o fornecimento de petróleo do Oriente Médio, continua sendo um suporte subjacente para o mercado de petróleo bruto.

5. RETIRADAS DA CADERNETA DE POUPANÇA NO BRASIL

Enquanto o brasileiro busca novas soluções para investir e requer maiores valores para efetuar suas compras, com perda do poder de compra, os saques da poupança ultrapassaram os depósitos em R$ 87,8 bilhões no ano passado, segundo dados divulgados pelo Banco Central, o segundo maior resgate líquido desde o início da série histórica, que começou em 1995.

Em dezembro, no entanto, período em que é realizado o pagamento do 13º salário, a captação líquida da caderneta foi positiva, totalizando 13,77 bilhões. De acordo com o Banco Central, o recorde negativo ocorreu em 2022, com saída líquida de R$ 103,2 bilhões.

Às 7h55 (horário de Brasília), o ETF EWZ perdia 0,09% no pré-mercado.


Com informações da Investing Brasil.





Source link

Leave a Comment