Mauro Cid deixa a PF depois de depor por 9 horas


Ex-ajudante de ordens de Bolsonaro falou sobre o suposto plano de golpe orquestrado por aliados do governo do ex-presidente

O ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro (PL), tenente-coronel Mauro Cid, deixou a PF (Polícia Federal) por volta de meia-noite depois de depor por cerca de 9h nesta 2ª feira (11.mar.2024). O militar foi ouvido sobre um suposto plano de golpe de Estado para manter Bolsonaro na Presidência em 2022. Ele chegou à oitiva por volta de 14h49. O depoimento coletado será comparado com as informações dadas pelos ex-comandantes do Exército e da FAB (Força Aérea Brasileira), o general Freire Gomes e o tenente-brigadeiro Baptista Júnior, respectivamente.





Source link

Leave a Comment