Morre Norman Jewison, diretor de ‘Feitiço da Lua’ e ‘No Calor da Noite’, aos 97


Jewison foi indicado sete vezes ao Oscar, três delas à categoria de melhor diretor e quatro a melhor filme

Folhapress
São Paulo – SP

Norman Jewison, diretor de filmes como “Feitiço da Lua” (1987) e “No Calor da Noite” (1967), morreu no último sábado (20), aos 97 anos.

O cineasta canadense estava em sua casa em Los Angeles, nos Estados Unidos, disse o publicitário Jeff Sanderson.

Jewison foi indicado sete vezes ao Oscar, três delas à categoria de melhor diretor e quatro a melhor filme. Em 1968, seu filme “No Calor da Noite”, com Sidney Poitier, recebeu o prêmio de melhor filme da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Seus filmes renderam 12 indicações a atores e atrizes nas categorias que premiam atuação. Seu trabalho na televisão rendeu três prêmios Emmy.

Jewison começou atuando para o rádio e para o teatro. Após trabalhar com a emissora britânica BBC, passou a escrever, produzir e dirigir programas de televisão canadenses, sendo responsável por algumas das produções mais populares do país. Em 1958, o diretor se mudou para Nova York para dirigir o programa musical Your Hit Parade, da CBS, que foi sua porta de entrada para assumir diversos programas e especiais na televisão americana.

No cinema, antes de se tornar um produtor independente, Jewison dirigiu comédias para a Universal. Em 1965, lançou “A Mesa do Diabo”, primeiro de uma sequência de sucessos que passa por “Os Russos Estão Chegando! Os Russos Estão Chegando!” (1966) e “Justiça para Todos” (1979).


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Source link

Leave a Comment