Nunes terá apoio de Bolsonaro e de “frente ampla”, diz Tarcísio


Prefeito vai disputar eleições de 2024 e terá Guilherme Boulos (Psol) como principal adversário pela Prefeitura de SP

O governador de São Paulo, Tarcisio de Freitas (Republicanos), afirmou nesta 2ª feira (22.jan.2024) que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) deve apoiar a reeleição do prefeito da capital, Ricardo Nunes (MDB), no pleito de 2024. A declaração foi dada durante a entrega de unidades habitacionais na zona leste da cidade. Governador e prefeito estavam juntos.

Ele (Jair Bolsonaro) está entendendo bastante o cenário eleitoral, as várias possibilidades. Por isso entendo que estará junto também e vai apoiar Ricardo Nunes”, afirmou Tarcísio, que disse que o ex-chefe do Executivo “sempre teve apreço” por Nunes.

Nunes, por sua vez, afirmou que o apoio de Bolsonaro e de Tarcísio fará diferença para os eleitores do ex-presidente. Indiretamente, ele criticou seu principal adversário, o deputado federal Guilherme Boulos (Psol).

[Vou] colocar para as pessoas que o melhor para a cidade é vencer a extrema esquerda, uma pessoa que não tem nenhuma experiência, é extremamente agressivo, uma pessoa que a vida inteira só fez desordem, só fez ações que pudessem tornar a cidade próxima do caos”, disse o prefeito a jornalistas depois do evento.

Embora Bolsonaro não tenha se pronunciado publicamente sobre o assunto, seu apoio ao prefeito de São Paulo já era dado como certo. Em 16 de janeiro, o Poder360 procurou a assessoria do ex-presidente, que reforçou o apoio ao nome de Ricardo Nunes.

Segundo Tarcísio, está sendo construída uma aliança entre os grupos políticos para viabilizar que Nunes saia vitorioso no pleito. “Para nós, é a melhor opção para a cidade de São Paulo. Se não tiver um alinhamento muito grande, as coisas não dão certo”, declarou o governador.

APOIO DE TARCÍSIO

Tarcísio de Freitas e Ricardo Nunes também haviam dividido o palco na entrega de programas do governo estadual na 3ª feira (16.jan), quando Tarcísio confirmou seu apoio a Nunes

“O eleitor pode entender que sim. É lógico”, disse o governador na ocasião ao ser questionado se estaria ao lado do prefeito nas eleições municipais.

Em resposta, Nunes declarou que a escolha do vice para a sua chapa passaria pela aprovação do governador e de Bolsonaro.





Source link

Leave a Comment