Trump diz que retórica dura contra Otan é ‘forma de negociação’


O ex-presidente americano Donald Trump disse nesta terça-feira (19) que as declarações do mês passado em que minimizou seu compromisso com a Otan não foram mais do que uma tática de negociação para conseguir que os países membros da aliança militar paguem mais para receberem uma defesa coletiva.

Trump, que buscará a reeleição em novembro, costuma criticar a Otan e ameçou no mês passado encorajar a Rússia a atacar os membros da organização em dívida com seus aportes se retornar à Casa Branca.

A posição de Trump sobre a Otan veio à tona durante uma entrevista à rede britânica GB News, quando o apresentador Nigel Farage apontou que os críticos do ex-presidente haviam usado seus comentários sobre a Rússia para se oporem à sua reeleição.

“Não me importo se usarem, porque o que estou dizendo é que é uma forma de negociação”, explicou Trump. “Por que deveríamos proteger esses países que têm muito dinheiro e os Estados Unidos estavam pagando a maior parte da Otan?”, questionou o ex-presidente.

Trump, 77, acusou por muito tempo os 28 membros europeus da aliança de não contribuírem o suficiente para os gastos militares, assumindo que podem contar com os Estados Unidos como escudo de defesa. No entanto, nunca mostrou que entende como funciona o financiamento da Otan, classificando-a erroneamente como um clube que subsiste graças às cotas de seus membros.

Em 2006, os países da Otan asumiram o compromisso, formalizado em 2014, de gastar 2% do seu PIB com defesa, mas os membros não pagam cotas de subscrição e não “devem” dinheiro ao bloco. Essa meta é voluntária e o tratado de fundação da organização não prevê sanções por não atingi-la.

“Acredito que os Estados Unidos estavam pagando 90% do custo da Otan. Era a coisa mais injusta”, disse Trump à GB News. “E não se esqueça de que a aliança é mais importante para eles do que para nós. Temos um oceano entre alguns problemas, ok?”

Além da Otan, os aliados também se preocupam com o apoio contínuo dos Estados Unidos à Ucrânia, considerado vital para manter seu esforço bélico contra a Rússia.

Trump, que diz poderia encerrar a guerra entre esses dois países em seu primeiro dia de volta à presidência americana, afirmou à GB News que é capaz de negociar com o presidente russo, Vladimir Putin. “Eu me dei muito muito bem com Putin. Isso é uma coisa boa, e não algo ruim.”

© Agence France-Presse



Source link

Leave a Comment