Veja 7 lições que o Flamengo pode ter aprendido na terra do ‘soccer’


O Inter&Co Stadium, a arena do Orlando City, recebeu um público de 22 mil pessoas, 90% dos quais eram flamenguistas

Poucos times brasileiros tiveram o privilégio de realizar uma pré-temporada de luxo como o Flamengo. O time que ficou quase 10 dias nos EUA, realizou neste sábado (27) o seu segundo amistoso do ano – quase no mesmo momento em que os meninos da base disputavam no Nordeste mais uma partida pelo Cariocão, um torneio que talvez só vá esquentar daqui a um mês.

Anotamos a seguir sete lições que o Rubro-negro está trazendo da terra onde o futebol é conhecido como ‘soccer’:

1)- A força da torcida do Flamengo vai muito além do Norte e do Nordeste, onde enche estádios em jogos do Estadual. O Inter&Co Stadium, a arena do Orlando City, recebeu um público de 22 mil pessoas, 90% dos quais eram flamenguistas. Impressionante isso;

2)- A vitória sobre o  Philadelphia Union e o empate com o Orlando City serviram para Tite testar todo o elenco. E que elenco! O Flamengo de Tite e uma autêntica ‘seleção’ sul-americana;

3)- O uruguaio De La Cruz, aos poucos, vai conseguindo se encaixar. Ele não é um jogador tecnicamente tão espetacular como o seu compatriota Arrascaeta, mas tem outras qualidades que qualquer treinador gosta: é um homem importantíssimo para o jogo coletivo;

4)- Chegou o bom lateral-esquerdo Viña, mas o grupo já tem o ótimo Ayrton Lucas para a posição. E eles vão brigar pelo lugar. Enquanto isso, na lateral-direita não tem ninguém desse mesmo nível. Será que a Comissão Técnica não pensou nisso?

5)- E já que estamos falando de reforços, é bom lembrar que o time dispõe praticamente dos mesmos nomes do ano passado para o meio da zaga: Fabrício Bruno, Leo Pereira e David Luiz. Tite certamente vai necessitar de um xerifão, alguém que chegue para impor respeito;


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

6)- Esqueça a hipótese de Pedro e Gabigol jogarem juntos. Tite já deixou claro, muito claro, que só há lugar para um deles dentro de campo. E, a preço de hoje, Gabigol está cada dia mais desprestigiado;

7)- Apesar da reformulação do elenco, das novas peças que foram colocadas nas mãos do treinador, tudo indica que os maiores candidatos ao protagonismo no time Rubro-negro em 2024 serão duas figurinhas antigas: Cebolinha e Bruno Henrique. Esses caras estão “voando”.

Acompanhe as atualizações da coluna “Futebol Etc” nas redes sociais, no Twitter e também no Instagram. Mande sugestões para a coluna pelo email [email protected]


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





Source link

Leave a Comment